Bebê de 3 meses atirado no chão pela mãe irá para abrigo

0

Criança fraturou um braço e sofreu hematomas na cabeça na queda.
Pais brigavam no momento em que o menino foi atirado no chão.

A comarca de Dom Pedrito, na região da Campanha gaúcha, determinou, na sexta-feira (19) que o bebê de 3 meses atirado no chão pela mãe deve ser encaminhado para uma casa de acolhimento enquanto são feitas as análises dos assistentes sociais sobre as condições da família para recebê-lo. A criança ainda está internada em um hospital da cidade.

O menino estava no colo da mãe durante uma briga com o marido, na noite de quinta-feira (18), e foi arremessada no chão. A mãe foi presa em flagrante por tentativa de homicídio, e o pai fugiu do local.

Mulher de 18 anos foi presa em flagrante por tentativa de homicídio (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Mulher de 18 anos confessour que atirou a criança no chão (Foto: Polícia Civil/Divulgação

A mãe, de 18 anos, disse em depoimento à polícia que foi tomada por uma “raiva incontrolável” durante a briga. Ela socorreu o filho com a ajuda da avó, e confessou que foi a autora da agressão. Em um primeiro momento, ela chegou a dizer que o pai da criança teria sido o responsável pela agressão.

Com a ajuda de parentes, policiais conseguiram contato com o pai da criança por telefone. Ele admitiu que agrediu a esposa, mas negou que tivesse machucado o filho. A polícia vai investigar ainda se ele pode ser enquadrado por omissão.

De acordo com informações do Conselho Tutelar de Dom Pedrito, o menino de 3 meses está acompanhado de uma monitora do abrigo enquanto não recebe alta do hospital.

DEIXE UMA RESPOSTA