Bauru perde na prorrogação para o Quimsa-ARG pela Liga Sul-Americana; Minas vence

0
Bauru - Jornal bom dia
Foto: Victor Lira / Sendi Bauru Basket

Time argentino abre diferença no tempo-extra e “estraga” estreia do Dragão; Time de BH derrota os donos da casa e estreiam com pé direito

O Bauru começou bem a partida, fez um grande primeiro tempo, segurou o ímpeto argentino na volta do intervalo, conseguiu levar o jogo para a prorrogação, mas viu o Quimsa conquistar a vitória por 86 a 80 na abertura do Grupo C da Liga Sul-Americana, que está sendo disputado em Cali, na Colômbia. Ainda nesta terça-feira, o Minas Tênis Clube venceu o Fasbreak, time colombiano que sedia a chave.

Nem mesmo a atuação de gala do pivô Lucas Mariano, que foi o cestinha do jogo com 31 pontos e mais 12 rebotes, um duplo-duplo, impediu a derrota bauruense. Já o Quimsa contou com cinco jogadores que fizeram mais de 10 pontos para ganhar a partida.

Nesta quarta-feira às 20h45, o duelo brasileiro entre Bauru e Minas abre a rodada dupla. Logo mais, Fasbreak e Quimsa medem forças em Cali. O SporTV transmite a Liga Sul-Americana.

O jogo

Na primeira jogada de ataque, o Quimsa abriu o placar com De Los Santos. Jefferson rapidamente empatou. Mas diferente do ritmo do primeiro minuto, o quarto inicial demorou para embalar. Bauru despontou a partir do sexto minuto, marcando pontos importantes com Lucas Mariano, Enzo Ruiz e Jefferson. A diferença foi crescendo até que Fúlvio acertou uma bola muito longa para fechar o período em 18 a 8.

O que parecia um início promissor do Bauru passou a ser uma reação argentina. Brussino acertou uma bola longa, despencando para quatro pontos a vantagem bauruense. As equipes trocaram cestas, até que De Los Santos apareceu de novo para virar para 27 a 26. A partir daí, o jogo ficou equilibrado, com as equipes se alternando na liderança algumas vezes. No fim, o Dragão conseguiu um respiro e foi ao intervalo à frente, com 37 a 31 no placar.

Numa troca de cestas que durou praticamente os 10 minutos do terceiro período, Bauru manteve a vantagem por volta dos cinco, sete pontos, permanecendo à frente com alguma tranquilidade. Nos segundos finais, Brussino apareceu de novo com mais um chute de 3 pontos, descontando a diferença mais ainda depois dos lances livres: 55 a 52.

O balde de água fria veio logo no começo do período final. De Los Santos empatou a partida e Federico Aguerre virou para os argentinos. O Quimsa abriu cinco pontos, forçando um pedido de tempo pelo lado bauruense.

Na sequência, Fúlvio e Jefferson deram esperança ao Dragão com uma rápida virada, mas o Quimsa manteve o controle emocional. No minuto final, um festival de erros de arremesso e até de controle da bola resultaram na prorrogação após o empate em 70 a 70.

O tempo-extra também começou de forma equilibrada. Bauru saiu na frente com Enzo Ruiz, mas rapidamente De Los Santos virou. O Quimsa ficou na liderança, e diferente de outros momentos, o time brasileiro não teve forças para buscar a virada.

Minas derrota donos da casa

No fechamento da primeira rodada, o Minas Tênis Clube não tomou conhecimento dos donos da casa e venceu o Fastbreak após um ótimo primeiro tempo: 91 a 74, liderando a chave pelo melhor saldo de cestas. De Jesus, com 33 pontos, foi o destaque do jogo e maior pontuador dos colombianos. Pelo Minas, Wesley foi o cestinha ao anotar 19 pontos.

Veja o calendário de jogos com horário de Brasília

Terça-feira, 16/10

  • Bauru 80 x 86 Quimsa
  • Minas 91 x 74 Fastbreak

Quarta-feira, 17/10

  • 20h45 – Bauru x Minas
  • 23h – Fastbreak x Quimsa

Quinta-feira, 18/10

  • 20h45 – Minas x Quimsa
  • 23h – Fastbreak x Bauru