Bastidores – Jair Viana

0

COLLOR X COLLOR
Tereza Collor arrepiou ao saber da aliança do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) com o PTC de seu ex-cunhado, o ex-presidente Fernando Collor, candidato a governador por Alagoas. Tereza lamentou, porém, continua firme com Alckmin. A dama alagoana pretende visitar Rio Preto durante a campanha, quando pedirá voto para se eleger deputada federal.

MAIS DA EMURB
A CPI que investiga a empresa pública não vai encerrar seus trabalhos antes de interriogar o ex-presidente e homem forte do ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB), Alex Carvalho. Os membros da comissão apostam que Alex possa ajudar a esclarecer uma série de dúvidas sobre a administração da empresa. Há denúncias que vão desde apadrinhamento em concurso público, uso indevido de aporte financeiro até talões da Área Azul falsos.

LOTEANDO I
A reviravolta em Minas Gerais com a retirada da candidatura de Rodrigo Pacheco (DEM) ao Governo, agora candidato ao Senado para apoiar Antonio Anastasia (PSDB) ao Palácio, contou com articulações de Aécio Neves, Rodrigo Maia, ACM Neto e do presidenciável Geraldo Alckmin. A turma está tão animada com a coalizão que dá respaldo ao ex-governador paulista que já inspira cenários palacianos para 2019.

LOTEANDO II
Eleito ou não senador, o advogado Pacheco é o cotado para ministro da Justiça se Alckmin vencer a eleição. Foi a condição do DEM para abrir mão da disputa no Estado. No pior dos cenários para Pacheco, ele vira secretário de Anastasia, se o tucano se eleger. Mas, principalmente, é o poder de Aécio e Maia apadrinhando um dos pupilos.

DECANO INDICA
O decano Francisco Dornelles (PP), ex-deputado, ex-senador, ex-ministro e ex-quase tudo no Poder desde que Brasília surgiu, ainda dá cartas no jogo. O hoje vice-governador indicou os dois suplentes dos candidatos ao Senado na chapa de Eduardo Paes (DEM) ao Governo do Rio de Janeiro.

MADAME SUPLENTE
Para a suplência de Cesar Maia (DEM), a indicada pelo PP é Alice Tamborindeguy.  O empresário Marcos Magalhães (PP), filho do ex-deputado estadual Mauro Magalhães, será o suplente de Aspásia Camargo (PSDB).Aliás, em tempos em que vices emergem subitamente ao Poder, vale ficar atento aos suplentes, que tradicionalmente têm mais chances de ocupar uma vaga no Congresso.