Avanço de sinal vermelho lidera número de infrações no trânsito em Jundiaí

0
Sinal - Jornal bom dia
Avanço de sinal vermelho lidera número de infrações no trânsito em Jundiaí — Foto: TV TEM/Reprodução

O avanço de sinal vermelho é a infração que lidera o número de autuações em Jundiaí (SP), de acordo com o Departamento de Trânsito da cidade. Somente este ano, cerca de 1,5 mil multas foram aplicadas a motoristas que não respeitam a lei.

Ainda segundo o departamento, 20 pessoas já morreram vítimas de acidente de trânsito este ano. A maioria por motoristas que não conseguem esperar 30 segundos de um semáforo fechado.

Avanço de sinal vermelho lidera número de infrações no trânsito em Jundiaí — Foto: TV TEM/Reprodução

O diretor do Departamento de Trânsito, Wlamir Lopes de Oliveira, frisa que a lei é válida em todos os horários do dia, inclusive de madrugada.

“O código de trânsito não prevê nenhuma liberalidade, em nenhum horário do dia, de se passar no sinal vermelho. Isso porque é sempre um risco elevado de acidente.”

Avançar o sinal vermelho é considerado infração gravíssima. Quem for flagrado cometendo a irregularidade leva sete pontos na carteira e ainda paga R$ 293,47 de multa.

A infração é aplicada pelos agentes de trânsito e pela Polícia Militar. As câmeras da Guarda Municipal também ajudam na fiscalização de 270 cruzamentos que são sinalizados pelo semáforo da cidade.

Já os radares vistos pelas ruas de Jundiaí estão todos desligados desde o início de 2015, quando venceu o contrato com a empresa que administrava os equipamentos.

Diretor do Departamento de Trânsito frisa que sinal vermelho deve ser respeitado em todos os horários — Foto: TV TEM/Reprodução
Diretor do Departamento de Trânsito frisa que sinal vermelho deve ser respeitado em todos os horários — Foto: TV TEM/Reprodução

“A previsão de instalação dos nossos radares é para o primeiro semestre de 2019. O que está acontecendo agora na cidade são os estudos técnicos para avaliar os locais em que esses equipamentos devem ser instalados”, explica Wlamir.

Flagrantes

TEM Notícias desta quarta-feira (7) mostrou vários flagrantes de motoristas desrespeitando o sinal vermelho (veja o vídeo acima).

Em um dos vídeos, um motorista em alta velocidade ignorou o semáforo fechado e atingiu o carro em que estava Maria Elisa Basílio, de 64 anos. Ela até foi socorrida, mas morreu no hospital.

Por conta da imprudência do motorista, a família da idosa agora tem que aprender a lidar com a dor da perda.

“Passar no semáforo vermelho é não pensar no próximo, que no carro do lado tem alguém que tem uma família. É aquela frase: não vou fazer pelo outro o que eu não quero para mim”, desabafa a filha da vítima, Vanessa Ara Basílio.

Denilson Rodrigo de Brito, que trabalha como motorista na cidade, já perdeu as contas de quantas vezes testemunhou pessoas avançando o sinal vermelho. Ele, inclusive, até se envolveu em um acidente por conta deste tipo de desrespeito.

“As pessoas avançam muito o sinal vermelho, você tem que dirigir para você e mais para um monte de gente, porque é muito perigoso. Aconteceu um acidente comigo no ano passado justamente porque o rapaz avançou o sinal e me machucou feio.”

Desrespeito ao sinal vermelho já custou várias vidas em Jundiaí — Foto: TV TEM/Reprodução
Desrespeito ao sinal vermelho já custou várias vidas em Jundiaí — Foto: TV TEM/Reprodução