Aumenta o número de casos de caxumba em Rio Preto e Catanduva neste ano

0

O aumento nos casos de caxumba em cidades da região tem feito as pessoas procurarem os postos de vacinação para atualizar a carteira de vacinação e também saber dos sintomas da doença.

Em Catanduva a doença aumentou muito este. Segundo a Secretaria de Saúde, até agora já foram registrados 94 casos, sendo que em 2015 inteiro foram apenas oito casos. Em Rio Preto este ano também houve uma explosão de casos de caxumba. Só nos primeiros meses desse ano já foram registrados 135 casos da doença. Em 2015 foram 104. A doença causa inchaço e dor na região do pescoço, logo abaixo da orelha. Pode também causar dor de garganta ao engolir e dores musculares. Febre e mal estar também são sintomas comuns. “Começa com uma febre, dor no corpo, e começa a aparecer com edema e dor no pescoço.

A doença é altamente contagiosa e transmitida facilmente pelo ar e pelo contado direto com as secreções das vias aéreas superiores da pessoa infectada. A partir de três dias até nove dias depois começa o aparecimento dos sintomas.

De modo geral, uma vez infectada a pessoa adquire imunidade contra a doença, dificilmente uma pessoa pega caxumba duas vezes.

A melhor maneira de prevenir a doença é tomar as vacinas tríplice e tetra viral. As duas fazem parte do calendário nacional de vacinação. A criança recebe a primeira dose quando completa um ano e depois de um ano e três meses recebe a segunda dose.

DEIXE UMA RESPOSTA