Ataque de homem-bomba deixa mortos e feridos em Bagdá

0

Ao menos 21 pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas no atentado.
Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque.

Local onde o homem-bomba explodiu seu colete em Bagdá, no Iraque (Foto: Khalid al Mousily/Reuters)

O ataque de um homem-bomba deixou ao menos 21 mortos, em um bairro xiita de Bagdá, no Iraque, na manhã deste domingo (24), segundo a rede americana CNN. O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque.

O ataque, que aconteceu em um posto de controle do bairro de Kadhimiya, norte da capital iraquiana, também deixou 29 feridos, de acordo com a France Presse.

O homem-bomba se aproximou a pé da base na praça de Aden e detonou os explosivos que levava em um colete junto ao corpo, como relatou um policial. Dois agentes de segurança e 8 civis morreram, segundo balanço inicial divulgado pela agência Efe. A explosão também danificou vários veículos.

  • Número de mortos em atentado em Bagdá passa de 290

As forças de segurança cercaram a área do atentado e levaram os feridos ao hospital da cidade, que fica próximo ao local do ataque.

Em um comunicado, o Estado Islâmico afirmou que seu objetivo eram os soldados do exército iraquiano e membros das unidades paramilitares pró-governamentais.

Os jihadistas costumam cometer atentados contra os membros da comunidade xiita do país, que é majoritária. Eles são vistos pelos terroristas como hereges.

Em 3 de julho, um camicase matou 292 pessoas em um bairro comercial de Karrada, também em Bagdá. Dias depois, um ataque contra um santuário xiita de Balad, norte da capital, deixou 40

DEIXE UMA RESPOSTA