Após assalto a agência dos Correios, quadrilha joga dinheiro em rodovia de SP

0
Suspeitos detidos na Rodovia Castello Branco foram encaminhados para a Polícia Federal de Bauru (SP) — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Grupo que saiu capital para praticar o roubo em Pardinho (SP) foi cercado pela polícia na Castello Branco e tentou se livrar do malote com R$ 8 mil. Suspeitos foram levados para a PF de Bauru.

Uma quadrilha de quatro assaltantes foi presa na tarde desta sexta-feira (28) após praticar um roubo a uma agência dos Correios, em Pardinho (SP).

Na fuga pela Rodovia Castello Branco (SP-280), o grupo foi cercado pela Polícia Rodoviária da cidade de Torre de Pedra e jogou pela janela do carro o dinheiro roubado, que se espalhou pela pista.

Segundo a PM de Pardinho, três homens – um deles armado com revólver – invadiram a agência da cidade e anunciaram o assalto. Um quarto suspeito esperou os comparsas dentro de um carro com placas de Itaquaquecetuba (SP).

Dinheiro roubado da agência dos Correios e um revólver calibre 38 foram jogados na Rodovia Castello Branco pela quadrilha — Foto: Polícia Militar/Divulgação
Dinheiro roubado da agência dos Correios e um revólver calibre 38 foram jogados na Rodovia Castello Branco pela quadrilha — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Com um malote de dinheiro roubado, os quatro fugiram pela Rodovia Castello Branco no sentido à capital. Após rodar cerca de 50 quilômetros, o grupo foi cercado próximo à praça de pedágio de Porangaba.

Ao perceberem o cerco, os criminosos jogaram pela janela do veículo a arma de fogo, um revólver calibre 38 com a numeração raspada, e o malote, com aproximadamente R$ 8 mil em dinheiro. Segundo a polícia, o dinheiro ficou espalhado na pista e foi recuperado.

Carro usado na ação tem placas de Itaquaquecetuba: quadrilha deixou a capital para praticar o roubo no interior — Foto: Polícia Militar/Divulgação
Carro usado na ação tem placas de Itaquaquecetuba: quadrilha deixou a capital para praticar o roubo no interior — Foto: Polícia Militar/Divulgação

À polícia, o quarteto disse morar no bairro Ermelino Matarazzo, na zona leste de São Paulo, e que decidiu praticar o roubo após ter visto várias notícias de ações deste tipo no interior do estado.

Ainda de acordo com a polícia, dois dos assaltantes já possuem condenação criminal por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. O quarteto foi detido e encaminhado para a sede da Polícia Federal de Bauru.

Agência fechada

Em nota, os Correios confirmaram o assalto na agência de Pardinho, que foi fechada para apuração interna. Segundo a nota, “assim que os trabalhos forem concluídos, a unidade será reaberta”. A previsão é que isso ocorra na próxima terça-feira (2).

Como alternativa de atendimento, os Correios sugerem as agências de Itatinga (Rua Deputado Narciso Pieroni, 110), de Botucatu (Avenida Marechal Floriano Peixoto, 240) ou de Bofete (Praça da Matriz, 52).

Ainda segundo a nota, “por ser assunto relacionado à segurança, e para preservar a integridade dos empregados, clientes e objetos postais, os Correios não divulgam valores, imagens ou detalhes das ocorrências em suas unidades”.

Esta não é a primeira vez que a agência dos Correios da cidade com pouco mais de 6 mil habitantes é alvo de assaltantes. Em agosto do ano passado, quatro homens armados invadiram o local, no centro da cidade, fizeram cerca de 30 pessoas como reféns e levaram correspondências e dinheiro – o valor não foi informado. Ninguém se feriu.

* Com informações de Murilo Rincon, da TV TEM.

Agência dos Correios fica no centro de Pardinho  — Foto: Reprodução/TV TEM
Agência dos Correios fica no centro de Pardinho — Foto: Reprodução/TV TEM