Animais amanhecem mortos e donos de fazenda desconfiam de ataque de onça em Paulo de Faria

0
Bezerros apareceram mortos em uma propriedade rural de Paulo de Faria — Foto: Arquivo Pessoal

Sete animais morreram e três ficaram feridos. Proprietários estudam forma de deixar o restante dos animais seguros.

O aparecimento de bezerros mortos com sinais de mordidas, além de pegadas semelhantes com as de um mamífero carnívoro têm preocupado proprietários rurais de Paulo de Faria (SP).

Dez animais da propriedade do veterinário Antônio Carlos de Meireles e do irmão foram atacados – sete deles morreram.

“Tudo indica que foi uma onça que os atacou. Primeiro dois apareceram mortos na manhã de Natal. Nesta quarta-feira (26) , outros cinco também amanheceram sem vida e mais três ficaram feridos. Além das mordidas características, também encontramos pegadas”, diz o veterinário.

Pegadas foram encontradas próximo ao local onde os bezerros foram mortos em Paulo de Faria  — Foto: Arquivo Pessoal
Pegadas foram encontradas próximo ao local onde os bezerros foram mortos em Paulo de Faria — Foto: Arquivo Pessoal

Não é possível ter certeza sobre qual animal teria entrado no curral e investido contra os bezerros. No entanto, Ângelo relembra que a região tem histórico de ataques e enfatiza que o modo como os garrotes foram mortos é bem parecido quando uma onça ataca.

“Nós não vimos o bicho, mas já foram registrados outros ataques aqui na região da nossa propriedade. Os carneiros do meu vizinho foram mortos e a atividade noturna indica que foi uma onça. Elas só atacam à noite e são muito violentas”, disse Ângelo.

O prejuízo que os irmãos tiveram com o acontecimento passa dos R$ 3 mil. A preocupação agora é como manter o restante dos animais protegidos para que os ataques não ocorram novamente.

“Estamos preocupados com a segurança dos bezerros e com a nossa. Vamos tomar algumas medidas como instalar uma luz com sensor, colocar alguém para vigiá-los à noite e até estudar a melhor forma de instalar uma câmera”, afirma o proprietário rural.

Proprietário da fazenda encontrou pegadas que parecem com a de uma onça  — Foto: Arquivo Pessoal
Proprietário da fazenda encontrou pegadas que parecem com a de uma onça — Foto: Arquivo Pessoal