Alunos de Catanduva leram, em média, 15 livros cada em apenas um semestre

0

O resultado do projeto “Centopeia” de estímulo à leitura já superou a meta do ano

A leitura é peça fundamental no desenvolvimento das crianças e dos jovens. Em Catanduva, interior de São Paulo, só no primeiro semestre deste ano 12 das 18 escolas de Ensino Fundamental já cumpriram a meta do ano todo, sendo que em pelo menos metade delas os alunos leram, em média, 15 livros cada.

A ação faz parte do projeto Centopeia, criado em 2008, e que tem o objetivo de estimular a leitura de diferentes gêneros literários como romances, contos, crônicas, gibis, artigos, textos informativos, entre outros.

A proposta é que todo aluno do Ensino Fundamental leia dez livros durante o ano letivo e que preencha uma ficha que contenha o nome da obra, tema da leitura, a personagem com a qual se identifica e dê uma nota para o livro lido. Os professores responsáveis acompanham a leitura dos alunos por meio de um banner afixado na sala de aula, onde estão especificados a série/ano, os nomes dos alunos, e diante de cada nome tem a cabeça da centopeia.

A cada livro lido o aluno recebe um círculo colorido que representa o corpo da centopeia, que vai crescendo a cada nova leitura. Os estudantes podem ler o gênero que desejarem, mas também são sugeridas leituras pelas escolas.

Clubes de leitura

Na rede estadual paulista, é comum os alunos se unirem para formar um clube de leitura. Na E.E. Gabriel Ortiz, por exemplo, os jovens do Grêmio Estudantil Re-Evolução coordenam o projeto junto com a professora Crélis da Silva Machado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA