Alunos da rede municipal aprendem sobre agricultura e nutrição na Horta de Schmitt

0
Fotos: Alunos do segundo ano da Escola Municipal Vera visitam Horta de Schmitt / Divulgação

A Horta de Schmitt foi visitada nesta semana por alunos do segundo ano da Escola Municipal Vera, localizada no distrito de Engenheiro Schmitt. Num estilo Dia de Campo, a atividade teve como principal objetivo desenvolver elementos de Educação Alimentar com as crianças, que têm idade de 7 a 8 anos.

“Estamos trabalhando em sala de aula com conteúdo relativo às plantas. Nada melhor do que mostrar na prática como acontece esse desenvolvimento, principalmente daquilo que faz parte da nossa alimentação”, comenta a professora Renata Soares.

O chefe de coordenadoria de apoio agropecuário da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Paulo Henrique Cardozo, responsável pela Horta, guiou os alunos. “Mostramos para os alunos todo o clico de cultivo do brócolis: preparo da terra, adubação, montagem de irrigação e plantio”, conta.

Com as mãozinhas sujas de terra, os alunos também aprenderam sobre o valor nutricional dos alimentos e como a ingestão do brócolis e de outros legumes e verduras, é importante para o bom funcionamento do organismo deles. “O intuito é que o contato direto com a natureza e com os alimentos amplie o conhecimento e a vivência dos pequenos”, completa Cardozo.

A experiência ainda permitiu conversar com os estudantes a importância do trabalho no campo e o papel do agricultor para a sociedade em geral. Dentro de 90 dias, a turma do segundo ano deve voltar à Horta para acompanhar a colheita do brócolis que ajudou a plantar.

Aulas como essa vivenciada pelos alunos de Schmitt são destinadas a todos os alunos da rede municipal de ensino. Elas fazem parte das ações de Alimentação Escolar que integram o Alimenta Rio Preto, programa municipal responsável pela segurança alimentar e nutricional em nossa cidade.

Sobre a Horta de Schmitt
A Horta de Schmitt é um projeto na área de Produção do Programa Alimenta Rio Preto. Instalada ao lado do asilo do distrito numa área produtiva de 2 mil m2, produziu, desde julho de 2018, mais de 10 mil kg de alimentos como abobrinha, brócolis, cebolinha, cenoura, espinafre, pepino, rúcula e salsa. Todos os alimentos produzido na Horta são destinados ao abastecimento do Banco Municipal de Alimentos, que atende instituições assistenciais e famílias rio-pretenses em situação de vulnerabilidade social.