Alimentação infantil: vamos cuidar das nossas crianças?

0
Foto: Divulgação

Desenvolvimento da criança depende de hábitos de vida saudáveis.

A manhã, dia 24 de agosto é o Dia da Infância. E nada melhor do que falarmos sobre a importância da alimentação nesta fase da vida, que é essencial para o desenvolvimento e a prevenção de doenças crônicas na vida adulta.

A última Pesquisa de Orçamento Familiar (POF 2008-2009) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que o excesso de peso e a obesidade crescem a partir de 5 anos de idade, em todos os grupos de renda e em todas as regiões brasileiras, onde estes números aumentam à medida que a renda das famílias cresce. Esse cenário é fortemente associado à disponibilidade de alimentos ultraprocessados, como bolachas, doces e salgadinhos, comumente presente nas lancheiras escolares da criançada.

Como podemos contribuir com a saúde dos pequenos?

Mudando a lancheira com alimentos saudáveis e que ao mesmo tempo os deixem felizes. Algumas mudanças simples podem contribuir com um lanche saudável para dar muita energia e nutrientes!

Montando uma lancheira nutritiva

  • Uma porção de proteína + carboidrato: Lanche natural de pão integral com queijo branco, requeijão light e tomate, cortado e duas partes pequenas.
  • Uma porção de fruta: Frutas da preferência cortada em pedaços pequenos dentro de um potinho.
  • Uma bebida: Suco 100% integral de 200 ml (temos muitas opções no mercado, confiram os rótulos) ou água de coco.
  • Um doce saudável: Chocolate meio amargo pequeno já é o suficiente para a criança matar a vontade de doce e pode ser incluído na lancheira.

A saúde das nossas crianças depende dos nossos estímulos e hábitos!

Saúde das crianças depende de estímulos e hábitos (Foto: Pixabay/Divulgação)
Saúde das crianças depende de estímulos e hábitos (Foto: Pixabay/Divulgação)