Ajudante geral morre baleado em Rio Preto; pai e filho são acusados do crime

0
Foto: Divulgação

Segundo o boletim de ocorrência, dupla entrou no bar onde a vítima estava e disparou várias vezes. Adolescente de 16 anos foi apreendido e o pai, de 38, preso pelo assassinato.

Um ajudante geral de 41 anos foi morto a tiros em um bar na Vila Toninho, em São José do Rio Preto (SP), na noite desta terça-feira (25).

Segundo o boletim de ocorrência, um homem e um adolescente chegaram em um veículo, entraram no local e atiraram no peito e no rosto da vítima. A dupla fugiu em seguida.

Ainda conforme o registro policial, apesar de a vítima estar caída, o adolescente o agrediu com socos e pontapés.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizar o veículo usados pelos suspeitos passando pela vicinal João Parisi, sentido o distrito Engenheiro Schmitt.

Os policias deram sinal de parada, mas eles não respeitaram e tentaram fugir. Quando foram abordados, os dois reagiram à prisão.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, os suspeitos, um adolescente, de 16 anos, e o homem, de 38 anos, são pai e filho. Com eles foi localizado um revólver calibre 32 e três cartuchos deflagrados.

A dupla levada à delegacia de Rio Preto ameaçou e ofendeu os policiais. O adolescente foi apreendido e o homem preso. Eles irão responder pelo crime de homicídio qualificado.