Ajudante de pintor é preso suspeito de estuprar e manter companheira em cárcere privado

0

Caso ocorreu em Paranapuã (SP). Suspeito também irá responder pelos crimes de lesão corporal, violência doméstica, ameaça e injúria.

Um ajudante de pintor de 41 anos foi preso em flagrante suspeito de sequestrar, estuprar e manter a companheira em cárcere privado, na área central de Paranapuã (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi chamada para controlar uma briga de casal, mas quando chegou ao endereço, encontrou o homem segurando um facão e uma faca. O caso aconteceu no domingo (25).

A polícia conteve o suspeito e após conversar com a vítima, de 33 anos, descobriu que o homem estava mantendo a mulher presa e a obrigando a ter relações sexuais com ele. A vítima foi encaminhada ao hospital e passou por exames de corpo de delito, que comprovaram os abusos.

Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado à cadeia de Santa Fé do Sul (SP). Além dos crimes citados, ele também vai responder por lesão corporal, violência domestica, ameaça e injúria.

Veja mais notícias da região no Grupo Bom Dia