Rio Preto registra mais de 980 roubos de janeiro a julho deste ano

0
Ladrão rende funcionário de farmácia em Rio Preto (Foto: Reprodução / TV TEM)

De janeiro a julho de 2015, foram registrados 809 roubos.
Aumento no número de casos de um ano para o outro é de 20%.

Quem mora em São José do Rio Preto (SP) convive atualmente com o crescimento de um crime violento. O número de roubos aumentou neste ano. Uma situação que gera insegurança na população e também para os comerciantes. O setor que mais gera renda na cidade é também o maior alvo de criminosos.

A polícia não tem um registro específico de quantos assaltos aconteceram no comércio de Rio Preto, mas o número desse tipo de crime, no geral, cresceu bastante do ano passado para cá. De janeiro a julho de 2015, foram registrados 809 roubos. No mesmo período deste ano, foram 983, um aumento de mais de 20%.Os dados são da Secretaria de Segurança Pública.

Faz oito meses que a Fernanda Amador é vendedora em uma loja de cosméticos no Jardim Santa Luzia, mas há duas semanas, ela vem trabalhar com medo. É que a loja foi assaltada e imagens do circuito de segurança registraram a ação.

O ladrão aborda uma das funcionárias já na entrada e anuncia o assalto. Aparentemente com uma arma embaixo da camiseta. A outra atendente segue em direção ao caixa. O assaltante encosta no balcão, espera a funcionária retirar todo o dinheiro e foge. A ação durou 30 segundos e tudo aconteceu durante a tarde. “Deixa a gente insegura, com medo dele voltar, ou outro ladrão voltar, na hora de fechar o caixa temos muito medo”, afirma Fernanda.

O comerciante Cleudimar de Souza também vive apreensivo. Ele é dono de uma farmácia no Jardim Yolanda, que foi assaltada no começo do ano. As câmeras de segurança registraram o ladrão entrando sozinho, de capacete. Ele logo mostra a arma e uma cliente da farmácia fica perto do revólver, que é apontado para as vítimas o tempo todo. Em seguida o ladrão pega o dinheiro do caixa. Depois do assalto, foi preciso mudar a rotina de trabalho. “Tem a segurança que demos uma reforçada e a iluminação da farmácia também melhoramos para dar mais segurança”, diz.

A região leste da cidade é a que concentra a maioria dos crimes. A Polícia Militar diz que tenta evitar a ação dos ladrões direcionando o policiamento para os locais onde os assaltos acontecem mais. “Trabalhamos em cima do índice criminal, com o mapeamento de maior índice onde tem roubo nós fazemos patrulhamento. Com o comércio a gente trabalha em conjunto, se ver algum suspeito ligar para o 190”, diz o tenente da Polícia Militar Emanoel Fonseca.

DEIXE UMA RESPOSTA