0

Ele vai para o Manchester United ou para o City? Sai agora ou só no final do ano? Quanto o Palmeiras ganha? O GloboEsporte.com tira as principais dúvidas

gabriel jesus seleção (Foto: Pedro Martins/Agif/Estadão Conteúdo)Gabriel Jesus treina com a Seleção olímpica no Rio (Foto: Pedro Martins/Agif/Estadão Conteúdo)

Como surgem notícias sobre Gabriel Jesus a toda hora, é muito provável que você, torcedor, fique confuso e cheio de dúvidas. Ele vai para o Manchester United ou o Manchester City? Sai agora ou no final do ano? Quando o Palmeiras ganha numa eventual negociação?

Quais são os clubes efetivamente na disputa por Gabriel Jesus?
Representantes de Manchester City, Manchester United, Bayern de Munique, Real Madrid e Barcelona conversaram com o Palmeiras. Até a manhã desta terça-feira, a disputa está mais acirrada entre os dois rivais ingleses. Nesta quarta, o United promete oficializar uma proposta de 38 milhões de euros ao Palmeiras via intermediários.

Afinal, a multa rescisória para o exterior é de 24 milhões de euros ou 40 milhões de euros?
O contrato do atacante com o Palmeiras prevê uma multa rescisória de 40 milhões de euros para o exterior. Mas cinco clubes europeus têm um bom desconto e podem levá-lo por 24 milhões de euros, caso seja do interesse do jogador. São eles Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Manchester United e Paris Saint-Germain. Mas, como o City cogitou oferecer 32 milhões de euros, o negócio foi inflacionado.

Quem conduz os negócios pelo lado do jogador?
É o advogado Cristiano Simões, em parceria com a Energy Sports, empresa que cuida da gestão de carreira de atletas de futebol.

Ronaldo Fenômeno está envolvido na negociação?
Muito amigo dos empresários, o ex-atacante Ronaldo tem dado dicas e ajudado com contatos no exterior. O Fenômeno também falou com o atacante recentemente sobre a disputa da Olimpíada. O agente italiano Giovanni Branchini, designado para ouvir propostas na Europa, foi uma indicação dele. Foi o agente quem o levou de Barcelona a Milão, em 1997.

Paulo Nobre, empresários, Ronaldo Fenômeno, família… Quem tomará a decisão final?
Gabriel Jesus. Apesar de haver muitas pessoas envolvidas, qualquer decisão passa necessariamente pelo atacante. Ele tem o sonho de jogar no futebol europeu, mas também gostaria de ser campeão brasileiro pelo Palmeiras. Além disso, gostou muito de disputar a Taça Libertadores.

Jesus tem um clube preferido?
Sim. Neste momento, o Manchester City é o seu favorito. Por quê? Porque conversou diretamente com o espanhol Pep Guardiola, treinador do time inglês, e foi convencido a jogar lá. Os demais clubes interessados estudam adotar a mesma estratégia, por sinal. É possível que o técnico português José Mourinho telefone para aproximá-lo do Manchester United.

Gabriel Jesus e Cuca conversam após treino do Palmeiras (Foto: Marcello Zambrana / AGIF / Estadão Conteúdo)Atacante falou com Cuca sobre a ligação de Guardiola (Foto: Marcello Zambrana/Agif/Estadão Conteúdo)

Por que o Palmeiras tem só 30% dos direitos econômicos?
Em 2014, na arrastada renovação de contrato (que venceria em dezembro de 2015 e foi estendido até o fim de 2019), o clube se viu obrigado a ceder em muitos pontos, sob o risco de perder o jogador para rivais como o São Paulo. Em vez de 75%, aceitou ficar com  30% dos direitos econômicos e não precisou investir em luvas e premiações maiores.

Com quem está o restante dos direitos, então?
Em sociedade com o próprio Gabriel Jesus – e auxiliado pela parceria com a Energy Sports –, a CR Sports, empresa do advogado Cristiano Simões, controla 47,5% dos direitos econômicos. Os 22,5% restantes pertencem a Fábio Caran, antigo agente do jogador.

O Palmeiras pode comprar uma parte maior dos direitos?
Pode, desde que integralmente. A Fifa não permite mais que terceiros tenham parcela dos direitos econômicos. O contrato atual do atacante é válido por ter sido registrado antes da mudança da regra. Seria, portanto, impossível fazer uma nova divisão, pois isso configuraria burla à nova determinação.

Por quanto o Palmeiras aceita vender?
A diretoria nunca comenta negociações. Mas uma expressão ouvida pela reportagem resume bem a condição para o jogador ser liberado: “um caminhão de dinheiro”. Por ter apenas 30% dos direitos econômicos, o clube estuda um modelo de negócio em que financeiramente possa ser mais bem recompensado. Como? Estipulando aditivos em contrato ou convencendo os demais envolvidos a abrir mão de parte da quantia que receberiam, por exemplo.

Até quando ele vai ficar no Palmeiras?
Gabriel Jesus tem contrato até dezembro de 2019 e não vai sair antes do final de 2016. É promessa do próprio jogador. Mesmo que seja fechada uma negociação agora, o clube vai garantir que ele permaneça para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Quanto o Palmeiras pode lucrar com uma venda seguinte?
Gabriel Jesus está no Palmeiras desde meados de 2012, ano de seu 15º aniversário. Por isso, o clube acredita que, com base em seus registros, terá direito a cerca de 2% do valor de uma nova negociação, de acordo com o mecanismo de solidariedade da Fifa – pelo qual 5% do valor da transferência deverá ser destinado aos clubes formadores.

Gabriel Jesus Palmeiras x Figueirense (Foto: Marcos Ribolli)Gabriel Jesus tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2019, mas não deve ficar até lá (Foto: Marcos Ribolli)

DEIXE UMA RESPOSTA