10 erros que homens cometem no sexo por causa dos pornôs

0

Encarando filmes eróticos como realidade, muitos homens esperam repetir na cama tudo o que se passa nas produções, esquecendo que isso nem sempre vai agradar as mulheres

Filmes eróticos podem ser um bom estimulante para a relação de um casal. Porém, o efeito pode ser contrário se eles não forem encarados como ficção, mas uma receita para um sexo prazeroso. Acostumados a consumir os pornôs desde a adolescência, muitos homens vão para cama com a intenção de repetir tudo que se passa na tela, para desgosto de suas parceiras.

Em sua grande maioria, os filmes eróticos são dirigidos por homens e voltados para eles. Com isso, as particularidades do desejo feminino nem sempre são levadas em conta, incutindo na cabeça deles ideias equivocadas sobre o sexo. “Os parceiros estão sempre prontos para o ato, dispostos, são lindos e possuem uma performance invejável. É preciso separar isso da realidade”, afirma a sexóloga Carla Cecarello, apontando preconceitos espalhados por essas produções.

Carla diz ainda que essas produções fazem muitas mulheres se sentirem diminuídas. “Elas se sentem culpadas em assistir estes filmes e não conseguem enxergar-se ocupando os papéis desempenhados pelas atrizes”. Por outro lado, os pornôs não devem ser demonizados por conta deste comportamento masculino equivocado.

Homens provocam desgosto em suas mulheres ao tentar reproduzir cenas dos filmes eróticos
Thinkstock Photos

Homens provocam desgosto em suas mulheres ao tentar reproduzir cenas dos filmes eróticos

“Homens e mulheres possuem repertórios diferentes em tudo, inclusive nas fantasias sexuais. Se uma mulher pretende entender a cabeça masculina no sexo, os filmes são de grande ajuda”, pondera o psicólogo e terapeuta sexual Paulo Tessarioli, ressaltando que já está disponível no mercado erótico produções destinadas especificamente ao público feminino.

Como quase tudo que envolve uma relação a dois, o diálogo é indispensável para satisfação na cama. Os filmes podem inclusive dar apoio à conversa. “Peça para ele selecionar algumas cenas que o excitem muito e vá apontando: Isso é legal, topo fazer. Já isso, não”, propõe Carla.

Especialistas comentam a seguir erros provocados pelos pornôs:

01 – Sexo vapt-vupt: Basta um olhar e meia dúzia de palavras para os parceiros entrarem no clima. Como num passe de mágica eles tiram toda a roupa e um sexo delicioso e quente começa. Dependendo da intimidade e do desejo do casal, essa cena típica dos filmes pode até se repetir na vida real. Mas isso não vai acontecer em todas as relações sexuais, até porque os pornôs deixam de lado (por razões óbvias) etapas prévias como uma boa conversa, beijos e carícias. De acordo com os especialistas, esses passos são fundamentais para as mulheres reais entrarem no clima.

2 – Oral agressivo: Nos filmes, o sexo oral costuma ser praticado com agressividade. O problema é que os órgãos sexuais são áreas sensíveis do corpo. Assim, uma manipulação excessiva do pênis ou do clitóris pode machucar e não dar nenhum prazer. “Homens e mulheres possuem zonas erógenas diferentes e entendem o prazer de forma diferente. É importante que o parceiro fale como gosta de ser acariciado”, aconselha Tessarioli.

03 – Sexo anal automático: Ao contrário do que diz o senso comum, muitas mulheres gostam de sexo anal. Elas só não curtem quando os parceiros tentam repetir a maneira artificial com o qual ele é feito nos filmes. Os especialistas explicam que a prática exige tempo e que a parceira precisa estar relaxada e confortável. Mais: géis lubrificantes são de grande ajuda nesta hora. As atrizes também os usam, mas os pornôs não costumam mostrar.

4 – Ejaculação no rosto: Já virou clichê. Quase todas as cenas dos filmes eróticos terminam com um homem ejaculando no rosto da mulher, que se contorce de prazer com o ato. Mas na vida real nem todas são fãs da prática. “Muitas sentem nojo e não é seguro, visto que o esperma pode atingir os olhos ou a boca, transmitindo doenças”, explica Carla. Neste caso, é bom dizer ao parceiro se não curte a ideia para não ser pega de surpresa.

5 – Prazer barulhento: Muita gritaria, gemidos estridentes e palavrões. Influenciados pelos pornôs, alguns homens acreditam que o sexo só é prazeroso assim, o que nem sempre é verdade. “Há casos de mulheres que se assustam com os gritos do parceiro. Ou ainda com o linguajar durante o sexo. Dependendo do que é dito, o prazer da mulher termina na hora”, alerta Tessarioli.

6 – Amores brutos: A famosa ‘pegada’ que as mulheres gostam nos homens não deve ser confundida com brutalidade que os filmes pornôs trazem. Puxões de cabelo, tapas ou mesmo penetrações mais fortes podem causar dor e ferir a vagina.

7 – Sem hora para acabar: Aceite o fato de que atores de filmes adultos tomam uma série de substâncias que prolongam a ereção e deixam o pênis mais rijo. As cenas são editadas de forma a passar a ideia de que a relação durou mais do que a realidade. “Na vida real, os casais levam em média 20 minutos no ato sexual”, desmistifica Carla.

8 – Casal malabarista: A não ser que o homem queira levar a parceria a exaustão não convêm repetir em casa todas posições que os filmes mostram a cada relação sexual. Inclusive porque muitas delas são desconfortáveis e estão mais para malabarismo de circo. “Não é raro que casais acabem se machucando gravemente ao tentar poses inusitadas. Imagine quebrar o vidro do box, por exemplo? Um pouco de bom senso é indicado”, alerta Carla.

9 – Três é demais: “Chamar um terceiro elemento para a cama é sempre algo delicado e que precisa ser bem conversado. A bissexualidade feminina é muito enaltecida no imaginário masculino, mas poucas mulheres se sentem à vontade com isso”, avalia Tessarioli, sobre a eterna fantasia masculina de transar com duas mulheres, reforçada pelos filmes eróticos.

10 – Sexo é só penetração: Obviamente, a penetração é importante, mas não resume o sexo como muitos filmes eróticos fazem parecer. Tanto para o homem quanto para mulher o prazer acontece em todo o corpo. Desta maneira, as carícias, os beijos e o sexo oral fazem parte de um jogo erótico prazeroso.

Veja 69 posições sexuais para se inspirar: 

1. AGACHAMENTO ERÓTICO: Ela faz um agachamento ritmado sobre o corpo dele, que deve estar deitado e dando apoio com as mãos. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
2. POUSO RELAXADO: Ela deita com as pernas bem fechadas, ele vem por cima e massageia o pênis roçando no corpo dela . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
3. DESABROCHAR DA ORQUÍDEA: Ela deita com as pernas abertas e ele usa a língua para satisfazê-la com uma longa sessão de sexo oral . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
4. BEIJO DO SÚDITO: Poderosa, ela ajoelha por cima e recebe um delicioso beijo molhado nas partes íntimas – e ainda usa as mãos para controlar tudo . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
5. 69: Deitados de lado, homem e mulher usam a boca para estimular o parceiro com uma longa sessão de sexo oral. As mãos ficam livres para fazer carícias . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
6. CHAVE DE COXA: Com os ombros apoiados, ela prende o homem entre as pernas. Ele penetra e estimula o clitóris com uma das mãos. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
7. GARANHÃO PRODUNDO: Nesta posição abusada, ela levanta as pernas e o quadril e ele vem por cima penetrando fundo . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
8. ESPOSA DE INDRA: A caprichosa Esposa de Indra é penetrada pelo parceiro ajoelhado. Ele sustenta seus pés com o abdome forte . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
9. COMANDO DE JOELHOS: Deitada, ela apoia os pés no peito dele. Com a visão estimulada ele penetra e controla do ritmo da transa. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
10. ENXAIXE SOBREPOSTO: É preciso ter certo preparo físico para fazer esta posição. Com ele deitado, ela senta por cima e envolve o pênis completamente . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
11. CACHORRINHO DE PÉ: Ela inclina o corpo para baixo, e ele, de pé, faz o encaixe por trás. Só para mulheres muito flexíveis!. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
12. CAVALGADA DE COSTAS SENTADA: De costas, ela senta sobre o corpo dele e desliza provocantemente estimulando o seu membro. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
13. CAVALGADA DE COSTAS CURVADA: Posição muita parecida com a 12, mas agora as mãos dela ficam apoiadas no chão. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
14. ENCAIXADINHA SENTADA: Ela senta no colo dele apoiando as costas em seu tronco. Ela rebola, ele estimula o clitóris com uma das mãos . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
15. DOMANDO O GARANHÃO: Ela assume o controle da situação e cavalga ditando o ritmo e a profundidade da penetração . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
16. AOS PÉS DA RAINHA: A mulher dita o ritmo da transa apoiando os pés no peito do parceiro . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
17. RAPIDINHA NA PAREDE: Para quem não tem muito espaço, a prensada precede uma penetração vigorosa com sexo intenso sob o comandado dele. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
18: AMANTE DE CLEÓPATRA: A rainha está entregue e totalmente vulnerável ao seu amante, que a penetra com vigor e sem fazer cerimônia . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
19: NÓ DOS AMANTES: Ela eleva o quadril e se enrosca no corpo dele, que dá apoio com uma das mãos e a domina com a outra . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
20. TACAPE DO GUERREIRO: Ela deita com as pernas para o alto e ele vem de quatro, com as mãos apoiadas, para conquistar seu território . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
21. ENLACE NA PAREDE: Ela prensa o parceiro na parede e “monta” nele. Ele segura a mulher pelo bumbum ritmando os movimentos. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
22. DOMINAÇÃO DE QUATRO: É a posição preferida dos marmanjos. Ela fica de quatro com os cotovelos apoiados no chão e ele penetra por trás . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
23. POUSO FORÇADO: No chão, ele deita sobre ela e inicia a penetração. Vale brincar de dominação e falar bobagens no ouvido . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
24. TESOURA ABERTA: Uma das pernas dela fica esticada enquanto a outra cruza o peito dele ganhando apoio no ombro. É preciso ter certa elasticidade . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
25. TESOURA CRUZADA: Ela “abraça” o tronco dele com as penas. O homem vem por cima e apoia as mãos na superfície . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
26. DANÇA DAS BORBOLETAS: Na romântica posição das borboletas ambos envolvem o parceiro com as pernas e trocam beijos e carícias . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
27. SONHO ERÓTICO: Puro fetiche... Ela deita de lado e finge que está dormindo enquanto ele aproveita sua vulnerabilidade . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
28. MOCINHA E BANDIDO: De joelhos, ele imobiliza os braços da parceira num bote certeiro. Boa pedida pra transar no chão . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
29. POSIÇÃO DO ABRAÇO: Ela envolve o parceiro com pernas e braços, ele devolve o carinho . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
30. BAILARINA AGACHADA: Ele deita com as pernas flexionadas. Na ponta dos pés, ela agacha envolvendo o pênis . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
31. GANGORRA COM APOIO: O vai e vem da gangorra erótica é controlado pela mulher, com pés e mãos bem apoiados . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
32. A DOMINADORA: Posição preferida por muitas mulheres, já que o controle delas é absoluto na busca pelo orgasmo . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
33. TRONO DA PRINCESA: Ela se agacha com as pernas fechadas e postura ereta sobre seu “trono” . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
34. OS OPORTUNISTAS: Como quem não quer nada, ela roça o traseiro na intimidade dele. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
35. “T” INVERTIDO: Com as pernas posicionadas quase a 90 graus, ela recebe a provocante penetração do parceiro – faça com as luzes acesas! . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
36. NOITE SEM VERGONHA: Enquanto é penetrada, ela usa uma das mãos para estimular o clitóris. A visão dele é altamente estimulada . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
37. TAPINHA DE AMOR: Ela desliza por cima dele tomando o controle da situação. Ele brinca com o bumbum da parceira usando as mãos . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
38. CADEIRINHA: De pé, ele pega a parceira no colo e penetra com vigor. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
39. POUSO CLÁSSICO: Em posição de flexão de braço, ele penetra a parceira, que se enrosca nele elegantemente . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
40. PIRÂMIDE DO FARAÓ: Ela recebe o “faraó” entre as pernas e com os pés unidos por cima do bumbum dele . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
41: DE LADINHO: De lado, ele abraça a parceira carinhosamente e penetra por trás . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
42. POSIÇÃO ESTICADA: Deitada, ela levanta completamente as pernas, que devem estar esticadas. Ele observa a cena e penetra sentado . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
43. PRAZER SUBLIME DA RAINHA: Com as penas flexionadas, ela une os pés sobre o peito dele, que a penetra de joelhos. Faça um “aquecimento” antes. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
44. FLEXÃO INVERTIDA: Vai encarar? Ela fica por baixo com as pernas para cima e ele penetra fazendo flexão de braço . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
45. PATINADORES: Como numa dança com patins, os movimentos são suaves e belos, mas a posição pede força nas pernas. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
46. BOTE SELVAGEM: O parceiro se agacha e dá o bote, ela apoia uma das pernas na coxa dele . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
47. MERGULHADORA: Sentado, ele segura a parceira pelos braços, que “mergulha” elegantemente em posição horizontal . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
48. CADEIRINHA DE BECO: Bom para uma rapidinha! Ele se apoia na parede e a parceira vem de costas encaixando o bumbum. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
49. GLORIA DO DOMINADOR: Ela se curva totalmente diante dele, que a penetra por trás glorioso . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
50. POSIÇÃO RELAXADA: Ela recebe estimulação no clitóris enquanto ela roça por trás . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
51. VOO DA GARÇA: Ele por baixo e ela por cima, os dois exatamente na mesma posição curtem o clima quente. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
52. INVASORA: Com as duas mãos apoiadas no chão ela se encaixa nele, que deve estar sentado em uma cadeira . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
53. MONTANHA RUSSA: Só para iniciados! Ambos pressionam as nádegas ao mesmo tempo em que fazem arcos entrelaçados . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
54. PÉS DE AFRODITE: Ela coloca um pé no peito dele e o outro no ombro. Ele penetra satisfazendo a parceira . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
55. OS BAILARINOS: Como bailarinos, ambos se equilibram em um só pé numa dança romântica e sensual. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
56. CAMA DE CLEÓPATRA: Ele faz uma “mesa” com o corpo e ela repousa roçando o clitóris em seu membro . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
57. O INVASOR: Ele flerta provocantemente com a parceira e penetra abraçando as suas coxas . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
58. O BEIJA-FLOR: De costas, ela se dobra sobre os joelhos dele. Ele massageia a região íntima suavemente com lábios e língua . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
59. FONTE DE PRAZER: Com pés e mãos apoiados, ela ganha um delicioso sexo oral do parceiro . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
60. ORAL CLÁSSICO: Ajoelhada ou agachada, ela oferece uma longa sessão de sexo oral ao parceiro, que controla sua cabeça com uma das mãos. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
61. ORAL EXTREMO: Ele penetra na boca da parceira, que deitada o acaricia por baixo . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
62. OS MALABARISTAS: Posição para experts e liberados. Ela monta sobre as costas dele e estimula seu ânus com a língua . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
63. FUSÃO EM “M”: Eles se sentam frente a frente com os joelhos flexionados; ele segura a parceira pelos ombros . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
64. CARRINHO DE MÃO: Ela fica com a cabeça para baixo e joelhos apoiados na parede. O movimento é complexo, portanto não faça logo após as refeições. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
65. ARCO SAGRADO: Ela faz uma “ponte” com o corpo e prende uma das pernas na coxa dele. Só para atletas!. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
66. SENTADA ENCAIXADA: Com ele deitado, ela senta de ladinho envolvendo o pênis . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
67. ESCADINHA: Com o próprio corpo, ele cria uma base para ela se satisfazer. É preciso ter força no abdome . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
68. POSIÇÃO DA MOLA: Com ela em pé e ele apoiado na superfície, eles criam uma “mola” que sobe e desce ditando o ritmo do sexo. Foto: Renato Munhoz (Arte iG)
69. AMANTE ARGENTINA: Com ele sentado, ela assume a posição de uma verdadeira dançarina de tango . Foto: Renato Munhoz (Arte iG)

DEIXE UMA RESPOSTA