Vídeo mostra momentos antes do acidente que amputou perna de jovem no lago

0
Jovem foi socorrida pelo Samu e Bombeiros (Foto: Divulgação)

Testemunha afirma que condutor da lancha ingeria bebida alcoólica, mas ele nega. Crislania Pereira passou por cirurgia e segue internada na UTI do Hospital Geral de Palmas.

Um vídeo feito por testemunhas mostra momentos antes do acidente que amputou a perna da operadora de caixa Crislania Pereira de Souza, de 21 anos, no lago de Palmas. Ao todo, 10 pessoas estavam em uma lancha. Outras imagens divulgadas por amigos da jovem mostram minutos após o acidente, quando a vítima é resgatada pelo Samu no último sábado (2), após ser atingida pela hélice da embarcação.

Crislania teve a perna esquerda amputada e segue internada na UTI do Hospital Geral de Palmas. O acidente aconteceu no momento em que ela e algumas amigas foram subir na lancha. Uma testemunha disse que o condutor acelerou “fazendo graça”, ela escorregou e caiu. Amigos comemoravam o aniversário de uma jovem, quando o acidente aconteceu.

No vídeo feito antes do acidente, o condutor da lancha aparece com uma lata na mão. Uma amiga da jovem, que também estava na embarcação, disse que Humberto Célio estava ingerindo bebida alcoólica, enquanto pilotava. Mas ele nega. A Polícia Civil está investigando o caso.

“Ele acelerou e ela caiu para trás. Ele acelerou fazendo graça, sabe? Como se tivesse brincando. O piloto estava ingerindo bebida alcoólica. Esperou até o Samu chegar, socorrer. Quando nós pedimos para ele esperar a polícia, que nós tínhamos chamado a polícia, para poder registrar o ocorrido, ele foi embora. Ele não quis ficar, saiu meio, um pouco zangado. Aí nós ficamos no local para poder registrar a ocorrência”.

O piloto e dono da lancha é auditor fiscal do Ministério do Trabalho. Ele disse que tudo não passou de uma fatalidade. Neste domingo, ele prestou depoimento numa delegacia de Polícia Civil e foi liberado.

Crislania teve perna amputada após incidente no lago de Palmas (Foto: Reprodução/Facebook)
Crislania teve perna amputada após incidente no lago de Palmas (Foto: Reprodução/Facebook)

“Nós estávamos ao lado da ilha do Canela. E aí as meninas pediram para que eu as levassem até a praia de Luzimangues. Nós fomos. Eram quatro meninas. Chegando lá, elas desceram e ficaram por cerca de 20 minutos. Depois, elas voltaram. Eu dei ré para procurar um lugar mais raso foi quando elas começaram a subir, com a lancha em movimento. Nós pedimos para elas não fazerem isso. Quando a segunda menina subiu, ela escorregou”.

A lancha foi apreendida pela Marinha. O comandante da Capitania Fluvial Tocantins Araguaia, Glaucio Costa Carvalho, informou que o órgão abriu inquérito para apurar as causas do acidente. “Qualquer substância entorpecente é proibida, da mesma forma que acontece com os nossos carros nas nossas rodovias, estradas”.

A jovem que teve a perna amputada é do interior do Maranhão e mora há um ano em Palmas. Ela trabalha como caixa de supermercado. Era o era o primeiro passeio dela em uma lancha, um dia de comemoração que terminou com tristeza.

Entenda

A operadora de caixa, Crislania Pereira de Souza, de 21 anos, ficou ferida após ter a perna atingida pela hélice de uma lancha, no lago de Palmas. O acidente aconteceu na tarde deste sábado (2). Ela foi socorrida pelo Samu e está internada no Hospital Geral de Palmas. A Secretaria Estadual da Saúde informou que ela está na UTI e o seu estado de saúde é estável. Parentes e amigos confirmaram que a vítima está em coma.

Uma amiga disse que a vítima passou por cirurgia e perdeu muito sangue. Amigos fazem campanha nas redes sociais para incentivar a doação de sangue.

A Capitania Fluvial Araguaia-Tocantins informou que o acidente foi na praia de Luzimangues. Disse ainda que a embarcação envolvida foi recolhida e que um inquérito foi instaurado para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente. O condutor da lancha é o auditor do Ministério do Trabalho, Humberto Célio Pereira.