Vendas dos supermercados sobem em setembro, puxadas por redes regionais

0
Supermercado em Niterói (Foto: Bruno Albernaz/ G1)

Crescimento de janeiro a setembro foi de 1,11%, segundo pesquisa da ABRAS. Inflação mais baixa ajudou, diz presidente da associação.

As vendas nos supermercados cresceram 1,11% de janeiro a setembro, na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado foi puxado pelo desempenho de redes menores de supermercados. Enquanto as regionais tiveram crescimento de 5,4%, as grandes registraram recuo de 3,4% no faturamento.

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (30) pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). Entre agosto e setembro, a alta foi de 3,1%. Na comparação com o mesmo ano anterior, de 4,58%.

O que vendeu mais e o que vendeu menos

A pesquisa mostra ainda que, de janeiro a setembro, o faturamento dos supermercados com a venda de cortes de carte temperados e pré-assados subiu 39% – a maior alta entre os produtos, seguida pela elevação de 13% das batatas congeladas.

Já os refrigerantes e os sorvetes ficaram empatados com a maior queda no faturamento, registrando recuo de 9,3%.

Perspectivas

Em nota, o presidente da entidade, João Sanzovo Neto, aponta que a principal razão para o aumento das vendas é o recuo da inflação. Ele cita ainda a queda dos juros ao apontar que a perspectiva para os próximos meses é de melhoras nos resultados. A estimativa é terminar o ano com elevação de 1,5%.

No ano passado, os supermercados registraram alta de 1,58% nas vendas, voltando a crescer após a forte queda de mais de 4% em 2015.