Uma história de amor ao próximo

0
Dr. Sinval Malheiros, é médico e deputado federal pelo PTN-SP

Uma das mais importantes estruturas de saúde do interior paulista está completando 90 anos de bons serviços prestados à sociedade. Trata-se do Hospital Padre Albino, mantido pela Fundação que também leva o nome do maior benfeitor da história da cidade de Catanduva: “Padre Albino”, como era carinhosamente chamado Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva.

O benemérito representante da Igreja Católica nasceu em 1882 na aldeia de Codeçoso, Província do Minho, em Portugal. Em 1912, com 30 anos, desembarcou no Rio de Janeiro. Como padre, ele passou por Jaboticabal, Jaú, Barra Bonita até chegar em Catanduva, em 28/04/1918, mudando para sempre a história desta importante cidade paulistas. Em 1926, inaugurou a Santa Casa de Misericórdia, hoje Hospital Padre Albino.

Graças ás mãos altruístas do pároco, o hospital cresceu com a construção do prédio da Maternidade. No início da década de 50, inaugurou o pavilhão infantil, e até os dias atuais dá continuidade a uma trajetória elogiável, sempre alicerçada nos valores morais do homem que empresta muito mais do que o seu nome a essa instituição. Seu maior legado foi o amor e a dedicação ao próximo.

Hoje, o Hospital Padre Albino gera empregos diretos para cerca de mil pessoas. Ao todo, 286 médicos compõem o corpo clínico do hospital, que é referência em média e alta complexidade para Catanduva e toda a região Noroeste Paulista. São mais de 12 mil internações todos os anos.

A admirável estrutura é composta de Unidade de Urgência e Emergência, Unidade do Coração, Unidade de Tratamento de Queimados com referência nacional, Pediatria, Centro Cirúrgico, UTIs Pediátrica, Neonatal e Adulta, Enfermarias de Clínica Médica e Cirúrgica, Centro Oftalmológico, Serviço de Terapia Renal Substitutiva, Laboratório de Análises Clínicas, Hemodinâmica, Banco de Leite, Maternidade, Unidade Transfusional, Centro Obstétrico, Medicina Nuclear, Litotripsia, Endoscopia, Pronto Atendimento e Centro de Diagnóstico por Imagem que oferece desde a radiologia convencional até os mais sofisticados recursos tecnológicos, como ultrassonografia, radiologia, tomografia computadorizada, ressonância magnética, mamografia e densitometria.

Nesta oportunidade, faço minhas as palavras do administrador hospitalar, Rogério Bartkevicius, que ao manifestar seu preito de gratidão a todos os que deram sua vida no passado e aos que a dedicam no presente, declarou: “Prestamos solidariedade e agradecemos ao Padre Albino e a todos que chegaram antes de nós ao longo destes 90 anos. Estamos frente a uma história construída com amor, espiritualidade, determinação, liderança, competência, sensibilidade humana e visão de futuro”.

Graças aos homens e mulheres que abraçaram esta nobre missão, o Hospital Padre Albino faz do preceito “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo” a sua razão de ser.

DEIXE UMA RESPOSTA