Reajuste do IPTU de Fernandópolis ultrapassa dobro do valor

0
Valor do IPTU aumentou em Fernandópolis (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)

Reajuste levou grupo de moradores a protestar em sessão da Câmara. Prefeitura alega que o valor do metro quadrado aumentou em alguns bairros da cidade.

Os moradores de Fernandópolis (SP) estão indignados com o aumento do valor do IPTU na cidade. O reajuste foi aprovado pelos vereadores ainda em 2017, mas os moradores não esperavam que o valor pudesse dobrar em alguns bairros.

O engenheiro Renato Gonçalves mora no Jardim Rio Grande e nos últimos anos o IPTU teve reajuste médio de 5 a 10%. No entanto, ao receber o carnê deste ano ele se assustou com o aumento de 90%.

Já o valor do imposto no Jardim Santa Adélia mais que triplicou “De R$ 98 no ano passado agora veio R$ 320.”, afirma Valmir Furnielis Borba.

O reajuste exagerado levou um grupo de moradores a protestar durante a sessão da Câmara de Vereadores, na terça-feira (6), e a prefeitura alega que o valor do metro quadrado aumentou em alguns bairros da cidade.

O Secretário de Gestão do município diz que os valores dos terrenos estavam defasados e houve a necessidade de recalcular. “Desde 1984 não tínhamos atualização da planta genérica. Havia casas de padrão inferior pagando mais ou menos o mesmo valor de casas de alto padrão e com boa estrutura”, explica José Cassadante Júnior.

Ainda segundo o secretário, com o recálculo pelo menos 9 mil contribuintes de bairros periféricos tiveram redução no IPTU e a mudança pretende arrecadar aproximadamente R$ 6 milhões a mais.

O limite da porcentagem do reajuste é 100%, portanto, os moradores que tiverem valor ainda maior devem entrar em contato com a prefeitura de Fernandópolis, de acordo com José Cassadante Júnior.

Carnês do IPTU chegaram a moradores de Fernandópolis (SP) e, em alguns casos, valor ultrapassou 100% de reajuste (Foto: Reprodução/TV TEM)
Carnês do IPTU chegaram a moradores de Fernandópolis (SP) e, em alguns casos, valor ultrapassou 100% de reajuste (Foto: Reprodução/TV TEM)