Polícia apreende calçados com sinais de falsificação em lojas de Rio Preto

0
Calçados foram apreendidos em quatro lojas do Centro de Rio Preto (Foto: Divulgação / DIG)

Sandálias e chinelos vão passar por perícia, que verificará se são falsos.
Fabricante original fez denúncia das lojas que venderiam os produtos.

Mais de 500 pares de calçados que apresentavam sinais de falsificação foram apreendidos na terça-feira (13), em quatro lojas do Centro de São José do Rio Preto (SP), pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Segundo informações da polícia, a ação ocorreu após o fabricante original dos calçados protocolar uma representação jurídica de que as lojas estariam vendendo produtos falsificados com o nome da empresa. Os investigadores foram aos quatro estabelecimentos comerciais denunciados e apreenderam os calçados, que apresentavam sinais de falsificação.

Todos os calçados serão encaminhados à perícia, que atestará se os produtos são falsos. Se constatada a falsificação, os comerciantes poderão responder por violação do direito autoral e, se ficar comprovado que os calçados são de origem estrangeira e foram inseridos no país de forma ilegal, os comerciantes poderão responder também por descaminho.

Segundo a empresa fabricante de calçados, as lojas que vendem produtos falsificados induzem o consumidor ao erro, já que eles podem adquirir produtos que não passaram pelos testes mecânicos e ortopédicos. Os comerciantes vão responder o processo em liberdade até a conclusão das investigações.

Comerciantes podem responder pelo crime de descaminho se falsificação for comprovada (Foto: Divulgação / DIG)
Comerciantes também podem responder por descaminho (Foto: Divulgação / DIG)

DEIXE UMA RESPOSTA