‘Não aconselho’, diz motociclista gravado a 400 km/h na Anhanguera após se apresentar à polícia

0

Rapaz prestou depoimento por mais de uma hora na Delegacia Seccional de Jundiaí. Segundo a Polícia Civil, ele terá a CNH suspensa e a moto apreendida.

O motociclista que aparece em um vídeo trafegando em alta velocidade na Rodovia Anhanguera se apresentou nesta sexta-feira (6) na delegacia Seccional de Jundiai (SP) após ser identificado pela Polícia Rodoviária.

Vanderson Reis foi intimado para prestar esclarecimentos após o vídeo viralizar nas redes sociais e chegar ao conhecimento da Polícia Roviária.

“Estar fora dos limites da lei e da rodovia eu não aconselho, não faria de novo. Estou arrependido por ter feito.”

Vanderson prestou depoimento por cerca de uma hora e meia e explicou o motivo que o levou a acelerar a moto a mais de 400 km/h, segundo um aparelho que aparece nas imagens registradas por uma câmera e divulgadas na internet.

“Eu fui fazer um teste na minha motocicleta. Comprei ela e fui fazer um teste, ver se realmente ela chegaria na velocidade declarada pela fabricante”, contou em entrevista à TV TEM.

De acordo com a Polícia Civil, o rapaz perdeu a carteira de habilitação por até dois anos e a moto será apreendida. O motociclista revelou que se arrepende do episódio.

“Ele vai ter que passar pelo CFC [curso de preparação de motorista] de novo, seguir todos os trâmites, para quem tem a pontuação estourada ou a carteira suspensa”, explica o delegado Paulo Sérgio.Os esclarecimentos de Vanderson serão encaminhados à delegacia de Louveira (SP), responsável pela investigação do caso. Ainda segundo a polícia, ele pode responder por direção perigosa e a pena pode chegar a um ano de prisão.

‘400 km/h’

Nas imagens, o velocímetro da moto registra a velocidade travada em 299 km/h. Porém, um equipamento instalado na moto sugere que o veículo está acima de 400 km/h.

Por outra imagem, um amigo tenta gravá-lo na Anhanguera e revela a rapidez da motocicleta “Foi uma conduta imprudente e irresponsável. Ele colocou em risco a integridade física dele e de outros usuários que estavam na rodovia”, disse, na ocasião, a delegada Marta Rocha de Castro.

Motociclista prestou depoimento na delegacia de Jundiaí (Foto: Reprodução/TV TEM)
Motociclista prestou depoimento na delegacia de Jundiaí (Foto: Reprodução/TV TEM)