Júri condena a quase 22 anos de prisão motorista que matou criança em acidente

0
Motorista que matou menina de 9 anos em acidente vai a júri popular em Rio Preto (Foto: Reprodução/TV Tem)

Julgamento de Raphaelo dos Reis Pissolatti foi realizado na terça-feira, em Rio Preto e durou mais de 12 horas. Batida aconteceu em 2013 e o acusado dirigia embriagado.

A Justiça condenou a 21 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime fechado, além de 6 meses de suspensão da habilitação, o motorista acusado de provocar o acidente que matou uma menina de 9 anos em São José do Rio Preto (SP) em 2013.

O julgamento de Raphaelo dos Reis Pissolatti foi realizado nesta terça-feira (5) e terminou por volta das 23h30, no Fórum da cidade.

Pissolatti chegou ao Fórum por volta das 10h acompanhado de três advogados. Os pais da criança também estavam presentes no local e abalados.

Segundo a acusação, Raphaelo, que na época do acidente tinha 21 anos, dirigia embriagado. A menina Maria Fernanda, de 9 anos, estava no carro com a família voltando de uma chácara, na rodovia Assis Chateaubriand, quando o veículo foi atingido na traseira pela caminhonete que o rapaz dirigia.

O Ministério Público pediu para que o réu fosse julgado pelo crime de homicídio com dolo eventual, quando a pessoa não tem a intenção de matar, mas assume o risco de provocar isso, já que ele estava embriagado.

Na época do acidente, Pissolatti foi preso em flagrante, mas conseguiu na Justiça o direito de aguardar o julgamento em liberdade.

Raphaelo vinha fazendo várias tentativas de adiar o julgamento que foi suspenso duas vezes, mas a decisão deve sair nesta terça-feira.

Maria Fernanda, de 9 anos, morreu em acidente em julho de 2013 (Foto: Reprodução/TV TEM)
Maria Fernanda, de 9 anos, morreu em acidente em julho de 2013 (Foto: Reprodução/TV TEM)