Flagrado 3 vezes em 4 meses é preso de novo após bater em muro em Olimpia

0

Na noite de ontem, quarta-feira (04), a PM de Olímpia prendeu em flagrante mais um motorista que dirigindo embriagado pelas ruas da cidade acabou se envolvendo em um acidente.

O flagra aconteceu na rua Valentino Ferranti, altura do numeral 321, Jardim Paulista. O condutor bateu no muro de uma casa vazia.
Segundo o boletim da PM, era por volta das 23h30 quando os policiais Cb Vieira e Sd Narciso receberam uma missão dada pelo operador do CAD na 2ª Cia da PM de Olímpia: atender a princípio um Acidente de Trânsito sem Vítima, coisa simples do dia a dia.

Mas ao chegarem no local, apoiados pelo CGP Subtenente Queiroz e Cb Anderson, não era bem assim. Os policiais se depararam então com o carro evolvido colidido contra o muro da residencia, felizmente, niguém morava no local.
Não precisou nem aparelho para medir, segundo o BO da PM o motorista identificado como Lucinei Pedro Bergamini (Foto), 33 anos e morador do bairro Vila Nova em Olímpia, estava completamente embriagado palavras que constam no BO da PM.
Diante dos fatos o condutor Lucinei foi conduzido até a UPA onde passou por exame clínico no qual o médico constatou e atestou a Embriaguez. Bastou! Lucinei recebeu voz de prisão ali mesmo e foi levado para a delegacia de polícia de Olímpia.
Lá, o delegado de plantão Dr. Marcelo Pupo de Paula ratificou a prisão em flagrante de Bergamini pelo crime de Embriaguez ao Volante. Mas como determina a lei o delegado arbitrou uma fiança no valor de R$ 2 mil reais, como não foi paga a fiança, após os trâmites legais, Bergamini foi encaminhado para a Cadeia Pública de Severínia onde ficou à disposição da justiça.

Segundo o boletim da PM, durante pesquisas na delegacia de Olímpia os policiais descobriram que Lucinei havia sido preso pelo mesmo crime no dia 26 de Setembro, naquela oportunidade, como pagou a fiança exigida, ele foi liberado para responder o processo em liberdade.

Quatro dias depois, no dia 30 de Setembro, olha ele de novo e novamente Lucinei foi preso pelo mesmo crime, Embriaguez ao Volante. Após o flagrante foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 1.500 reais que ele não pagoi e acabou ficando preso.

DEIXE UMA RESPOSTA