Diário do Timão – Em novo esquema, Guilherme retoma origens como “falso 9” no Corinthians

0

Escalado pelo segundo jogo seguido como centroavante, jogador revive trajetória pelo Cruzeiro, onde fez 18 gols no Brasileiro de 2008

 

Guilherme Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
Só risos: Guilherme ganha titularidade e sequência (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Contratado como uma das soluções para o ataque do Corinthians, Guilherme vai fazer seu segundo jogo seguido em uma função à qual estava acostumada no início da carreira. Como centroavante, mais perto do gol, aproveitando sua capacidade de finalização.

Contra a Ponte Preta, neste sábado, às 16h (horário de Brasília), em Campinas, ele terá nova chance. A partir das próximas rodadas, porém, terá a concorrência de Gustavo – recém-contratado do Criciúma e com características bem diferentes, de área, de jogo aéreo.

Para aproveitar bem sua chance, Guilherme retoma suas origens no Cruzeiro. Ele foi revelado pelo clube mineiro em 2007 jogando exatamente nessa função. No ano seguinte, fez 18 gols no Campeonato Brasileiro – quase sempre na área, bem posicionado, ou de cabeça. Gols típicos de centroavante.

Guilherme voltou a ganhar chance nessa posição por dois motivos: pelas saídas de Luciano e André e por sua característica de mobilidade. O técnico Cristóvão Borges quer um ataque de movimentação, sem ninguém fixo na área, o que faria o jogador ganhar vantagem mesmo com a presença de Gustavo no elenco.

– Desde minha primeira partida percebi um desequilíbrio no ataque. Consistência defensiva muito boa, mas pouco peso no ataque. Meu trabalho foi buscar isso, por isso fiz trocas. Em alguns jogos encaixou, em outros não. Minha busca é essa. Dessa última maneira que jogamos, gostei do volume de jogo com o Guilherme à frente – elogiou Cristóvão.

Contra a Ponte, Guilherme vai jogar ao lado de dois jogadores fortes pelas pontas – Marquinhos Gabriel na direita, Marlone na esquerda. Com Elias e Rodriguinho mais atrás, ele tem como função promover triangulações, participar mais do jogo e também marcar presença dentro da área. Cristóvão vê Guilherme como o jogador ideal para isso.

O meia-atacante também sente que essa é sua maior oportunidade. No início do ano, ainda com Tite, ele foi escalado como um meia pela esquerda no mesmo 4-1-4-1 que foi retomado por Cristóvão para o jogo deste sábado.

Na época, porém, a função de Guilherme era substituir Renato Augusto, que costumava voltar até a defesa para buscar a bola e iniciar jogadas, ficando assim mais distante da área e tendo maiores responsabilidades na marcação. Acabou sacado do time e ficou por longo tempo na reserva – até Alan Mineiro, que já saiu do clube, teve sequência depois dele.

Veja as informações do próximo jogo:

Próximo adversário: Ponte Preta
Local: Moisés Lucarelli, Campinas
Data e horário: sábado, às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Cássio, Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Cristian; Marquinhos Gabriel, Elias, Rodriguinho e Marlone; Guilherme
Pendurados: Guilherme, Uendel, Yago, Pedro Henrique, Rodriguinho e Giovanni Augusto
Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP), Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Desfalque: Rildo
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 15h

DEIXE UMA RESPOSTA