Administrador de empresas é preso por estuprar e matar idosa que varria calçada

0

Aposentada de 73 anos morava no distrito de Monte Verde Paulista, em Cajobi. Suspeito disse à polícia que bebeu muito em festa e confessou crime.

Um administrador de empresas de 36 anos foi preso em flagrante por estuprar e matar uma idosa, de 73 anos, no distrito de Monte Verde Paulista, em Cajobi (SP), neste domingo (2).

Segundo o delegado Antônio Alício, que investiga o caso, Nadir Faneco varria a calçada por volta das 6h30, quando o homem percebeu que a porta da casa estava aberta e entrou. De acordo com o delegado, no momento em que a idosa voltou para a residência, o suspeito a imobilizou, a jogou no chão e a estuprou.

A idosa foi encontrada por vizinhos, já sem vida. Segundo a polícia, o homem fugiu para um canavial da cidade e tentou se enforcar com um cadarço de sapato. Ele foi encontrado pela polícia desacordado.

O suspeito foi levado para a delegacia de Olímpia (SP), onde confessou o crime. Ele disse que não tinha a intenção de roubar ou matar a idosa. O homem disse ainda, conforme informações da polícia, que voltava de uma festa em Severínia (SP), onde bebeu muito, mas não era usuário de drogas.

O delegado disse que ele trabalhava em uma empresa de Severínia (SP) e não tem passagens pela polícia. O suspeito foi preso em flagrante por estupro seguido de morte e foi levado para a cadeia de Colina (SP). A idosa morava sozinha e era viúva.