‘Acordei com o barulho’, diz dona de casa agredida por marido com serra elétrica

0
Casal estava junto há 11 anos e morava em Mirassol (Foto: TV TEM/Reprodução)

Pedreiro de 55 anos tentou matar esposa enquanto ela dormia, em Mirassol (SP). Homem morreu após se jogar na frente de trem. Mulher afirma que companheiro sempre foi agressivo e ciumento.

Os machucados na mão e na barriga da dona de casa agredida pelo marido foram provocados por uma serra elétricadurante uma tentativa de homicídio, na madrugada de domingo (11), em Mirassol (SP).

O pedreiro Cione Rodrigues, de 55 anos, tentou matar a esposa enquanto ela dormia. “Eu acordei com o barulho da serra elétrica bem no meu ouvido. Assustei e quando olhei para cima vi o vulto dele com a serra em cima de mim”, lembra Flávia Ribeiro, de 36 anos.

Pedreiro se jogou na frente de trem após agredir esposa com serra elétrica, em Mirassol (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)
Pedreiro se jogou na frente de trem após agredir esposa com serra elétrica, em Mirassol (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)

Depois de tentar matar a mulher na casa onde a família morava, o homem sentou em uma grade sobre a linha férrea. A Polícia Militar foi acionada para atender a agressão quando o pedreiro se jogou na frente do trem.

Segundo Flávia, o marido não tinha passagem pela polícia, no entanto, ele sempre foi agressivo e ciumento.

Mão de dona de acsa ficou ferida após agressão com serra elétrica em Mirassol (Foto: Reprodução/TV TEM)
Mão de dona de acsa ficou ferida após agressão com serra elétrica em Mirassol (Foto: Reprodução/TV TEM)

Mesmo sendo constantemente ameaçada, a dona de casa nunca procurou a polícia por medo. “Ele falava que se fosse preso, o dia que saísse da cadeia ele iria me matar então nunca fui atrás disso”, afirma.